Paulinho Serra

Artigos e Entrevistas

ARTIGO - Por um transporte público de qualidade em Santo André.

24/05/2013

Como a maioria das grandes cidades brasileiras, Santo André sofre com o aumento do trânsito e a desarticulação de parte de seu sistema coletivo de transporte. Vivemos em uma cidade que foi crescendo sem nenhum planejamento e que sempre priorizou soluções individuais de deslocamento. Assim, muitos são os desafios para os agentes públicos que queiram, de fato, enfrentar o tema da mobilidade urbana.

E a solução para boa parte destes problemas passa, necessariamente, pela priorização do transporte coletivo de passageiros, buscando soluções integradas e que garantam a qualidade do serviço prestado, velocidade de deslocamento, conforto e respeito ao usuário, confiabilidade no sistema e transparência na implementação de políticas públicas.

A chegada do metrô leve na Região do ABC, a aprovação do Governo Federal – por meio do PAC Mobilidade – para a ampliação e revitalização do Terminal de Vila Luzita e todo corredor Guarará, a revitalização das estações da CPTM e a reativação da “estação Pirelli”, o projeto regional de mobilidade urbana que o Consórcio do Grande ABC apresentou ao governo Federal, a ligação ABC/Guarulhos sobre trilhos e o pleito de Santo André junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento – BID – para criação de 13 corredores de ônibus na cidade, devem ser olhados em conjunto e pensados como uma rede de deslocamento dos moradores dentro da nossa cidade e de Santo André para os municípios vizinhos da região e para a capital. Não podemos perder esta oportunidade.

Assim, se faz necessário uma readequação de nosso sistema municipal de transporte para que a população possa ter acesso a estes novos modais de transporte coletivo, sem que todos tenham que se dirigir para o centro da cidade, diminuindo, assim, o trânsito nesta região. Para tanto, o Bilhete Único Andreense é peça chave neste processo.

Com esta integração tarifária proporcionada pelo Bilhete Único Andreense, e que já foi aprovada pela Câmara dos Vereadores, os usuários do transporte coletivo municipal poderão, dentro do prazo de 1h30min, deslocar-se a determinado destino utilizando-se de até 3 ônibus com apenas uma passagem. Uma significativa economia de dinheiro e de tempo, já que o usuário poderá redefinir o seu trajeto, encurtando-o quando necessário.

O conforto ao usuário deve ser visto como prioridade. Para tanto, será feita uma renovação de mais de 70 ônibus no próximo período, todos adaptados para bem transportar àqueles que têm algum grau de dificuldade de locomoção. Também precisamos usar das novas tecnologias para dar informações aos passageiros sobre horário de chegada e partida dos ônibus na cidade, garantindo que o próprio usuário fiscalize o serviço público que lhe é oferecido. Nada mais transparente e participativo.

Trata-se, portanto, de um caminhão de mudanças, com vistas a melhorar a mobilidade urbana em nossa cidade. Afinal, quando o transporte anda bem, a qualidade de vida vem.

PAULINHO SERRA – Secretário de Obras e Serviços Público de Santo André

 

IDEIAS PARA A CIDADE

Envie suas ideias, reivindicações e possíveis soluções para os problemas da cidade. Juntos podemos melhorar o nosso trabalho e tornar Santo André uma cidade melhor para todos.

Conto com as suas sugestões!

Envie suas idéias

NEWSLETTER

Receba as novidades sobre o trabalho de Paulinho Serra

FACEBOOK